quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Qual o melhor enxaguante bucal?

Muitas pessoas possuem dúvidas sobre o melhor tipo de enxaguante bucal, como usar e outras questões a respeito desse produto. Você pode não saber, mas provavelmente poderá estar gastando dinheiro em vão ou causando até danos a sua boca.

Não vamos falar aqui sobre cada tipo de enxaguante disponível no mercado, mas sim características de produtos que você pode utilizar.

Acima de tudo, qualquer enxaguante bucal assim como qualquer remédio deve ser prescrito por um profissional que o conhece, então o dentista deve indicar qual produto utilizar, existem fórmulas específicas para uso pós cirurgia ou controle no tratamento de doenças da gengiva, também existem produtos que possuem uma certa quantidade de flúor, outros são indicados depois de certos procedimentos estéticos e que precisam de uma "ajudinha" para controle da placa bacteriana.

Mas a questão é: Qual o melhor enxaguante bucal? Se você leu o parágrafo anteyrior, conseguiu perceber que existem diversos tipos de fórmulas deste produto, então não podemos dizer que o produto X é o melhor tipo sem conhecer a necessidade do paciente, um exemplo disso são os enxaguantes com Digluco
nato de Clorexidina à 0,12%, normalmente sua indicação é para procedimentos mais invasivos, na maioria das vezes cirúrgicos, quando utilizado em excesso pode causar manchas nos dentes, descamação da boca e até mesmo perca temporária do paladar.

Enxaguantes que possuem álcool em sua fórmula devem ser evitados, aquela "ardência" causada por esses enxaguantes não deve ser entendida como limpeza. Além disso, outros enxaguantes que não possuem álcool mas promovem "hálito refrescante" não estão fazendo nada mais do que lhe dando apenas uma sensação, nada mais que isso, não há benefícios por causa dessa sensação.

Em resumo, enxaguantes só devem ser utilizados com indicação de um dentista, as vezes você pode estar utilizando um produto que não está lhe trazendo nenhum benefício, ele é apenas uma das opções  extras para auxílio da higiene bucal, mas não deve ser encarado como item básico, como a escova, fio e creme dental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário